TARÓLOGA ONLINE: CONSULTA DE TAROT ONLINE DA MANHÃ DE 12/08/2019

Previsões do Tarot Online de hoje! Faça já a sua consulta de Tarot Online com a nossa taróloga Maria Luna!

TAROT ONLINE DA MANHÃ DE HOJE 12/08/2019

Chegou o Tarot online da Maria Luna, a sua taróloga online! Agora é sua vez de conhecer as previsões de hoje fazendo sua consulta de Tarot online!

MENTALIZE A SUA PERGUNTA PARA A TARÓLOGA E JOGUE SEU TAROT ONLINE

Por favor, concentre-se, mentalize a sua pergunta para a taróloga online e em seguida escolha a sua carta, sempre mantendo a sua mente focada na sua pergunta. Com calma, escolha a sua carta abaixo e o tipo de pergunta para o tarot online:

 DESCUBRA SUAS PREVISÕES E AS RESPOSTAS DO TAROT ONLINE DE HOJE

Vamos então revelar as suas previsões da consulta de Tarot online!

Lembramos que a nossa taróloga interpretará uma consulta de tarot online sem custo algum e com previsões muito mais profissionais que os melhores sites de tarot online e tarot por telefone, pois os primeiros funcionam com respostas automáticas e o tarot por telefone é muito caro!

Carta nº 1 do Tarot Online: “A torre” – Vidência Online do Tarot Diário

Agora veja sua primeira carta da vidência online do tarot online da manhã de hoje, A Torre qual faz parte do grupo dos arcanos maiores.

A carta da Torre é possivelmente a mais temida do Tarô. Na verdade, disputa este prêmio com a carta da Morte, que também desperta medo em muita gente.

Este arcano nos assusta porque mostra uma queda abrupta e radical. Um raio vem do céu e derruba o castelo todo de uma vez.


As pessoas que vemos na carta estão em queda direto para o chão. Nada mais continua em seu lugar e não há como fugir disso.

Viver um momento regido pela carta da torre é como estar em um terremoto. O chão treme tanto que parecem não termos onde nos segurar. As estruturas estão ruindo e nada vai continuar onde estava.

Então vem o medo. Medo do que estamos perdendo e que ainda vamos perder. Medo de viver o desconhecido, de perder as estruturas, de viver na insegurança.

Medo de não conviver mais com o conhecido, com aquilo que construímos ao longo de tanto tempo. Mas o fato é que não há o que fazer. Quando cai o raio, nada nos resta a não ser se jogar rumo ao chão, para onde seremos lançados de qualquer maneira.

Isso significa que quando cai a Torre, podemos ver ali na carta que a base continua, ou seja, tudo aquilo que foi bem construído se mantém, o que permite que uma nova construção seja feita em seu lugar.

Além disso, temos que perceber que o que cai na verdade são as máscaras, é aquilo que usamos para nos proteger do mundo e nós mesmos.

Criamos falsas estruturas para fugir da realidade e nos proteger inclusive da nossa essência. Prendemos-nos no castelo e quanto mais alta essa torre que construímos, maior será a nossa queda.

Por isso, um dos conselhos que a carta da Torre nos dá é que sempre temos a opção de fazer a mudança por bem, de descer do topo do castelo antes que seja tarde demais. O raio está a caminho e vai nos lançar. Por isso, melhor sairmos na frente e fazer a mudança logo de uma vez.

Em outras palavras, a carta da Torre pede mudanças e elas são inevitáveis. Podemos, com elas, ser levados ao fundo do poço, mas só assim conheceremos profundamente a nós mesmos e nos fortaleceremos para seguirmos adiante.

Carta de Nº 2 do Tarot Online: “A Morte” – Vidência Online do Tarot Diário.

Agora veja sua segunda carta da vidência online do tarot online da manhã de hoje, A Morte qual faz parte do grupo dos arcanos maiores.

Assim, a morte se tornou o símbolo que evidenciava a inutilidade de toda riqueza, poder ou vaidade. Por isso, esta carta simboliza a transformação que destrói as coisas, para que possam ser reconstruídas depois. É uma transformação inevitável ou mesmo um rejuvenescimento.

Como o nome não está no pé da carta e sim em cima, esse arcano não representa a morte, mas sim a superação e a transformação para algo novo. Como é predominantemente bege, aponta para mudanças no campo material.

A morte é o símbolo de toda transformação imediata e radical, e não significa a morte física, no plano mental, mas anuncia o caráter renovador que transforma tudo por meio do renascimento.

Ela indica ao consulente que será obrigado a reorganizar seu modo de pensar, pois novos fatores ou novas circunstâncias intervirão em sua vida.

No campo afetivo, ela indica a destruição de um amor ou uma afeição, o fim definitivo de uma ilusão, ou a radical ruptura de uma relação amorosa. No plano físico, pode anunciar mudança de casa, de cidade, de país, ou mesmo de estado civil.

É também o fim necessário de um ciclo, ou a certeza de que algo está para terminar, é chegada a hora de uma transformação de fato, no sentido de uma regeneração espiritual, após o reconhecimento da futilidade da realidade, é a “morte” material.

Você é uma pessoa imprevisível, mutável, misteriosa, sincera e também egoísta. Costuma mudar sempre de opinião, tomando atitudes improváveis.

Até surpreende por ser alguém extremamente imprevisível, como quem surge quando menos se espera e desaparece nos momentos mais importantes.

A verdade é que você se considera indomável: alguém muito seguro de si e de suas vontades, que jamais se curva aos caprichos dos outros. Por isso mesmo acaba sendo uma pessoa egoísta, que chega e vai quando bem entende.

Não tem papas na língua, já que assume uma postura sincera (até demais) e também resoluta diante das pessoas e das circunstâncias.

Pode assumir uma conduta pessimista, talvez por trazer situações tristes e difíceis em sua história de vida. Desacredita no melhor e questiona o sucesso com alguma frequência.

Carta nº 3 do Tarot Online: “A justiça” – Vidência Online do Tarot Diário

Agora veja sua terceira carta da vidência online do tarot online da manhã de hoje, A Justiça qual faz parte do grupo dos arcanos maiores.

A justiça, arcano VIII (ou XI) do Tarô. Depois que o Louco assume  o controle do seu carro é a primeira vez em que para pensar. Um momento de reflexão de vida, de escolhas e de caminhos.

A balança pesa. A espada julga. Ela só quer o equilíbrio. Nem mais, nem menos. Mas o equilíbrio não está no certo ou errado. Quem pesa e pondera, no fundo, não quer ser julgado, muito menos condenado.

Mas aí nos damos conta de que não estamos falando da justiça dos homens, cheia de certos ou errados, de bem ou mal.

Essa justiça nos fala de causas e consequências e é um primeiro alerta mais objetivo de que nossas escolhas geram consequências e que temos que arcar com elas. Mas também nos lembra de que apenas temos que arcar com as nossas escolhas. Nem mais, nem menos.

Ela também pode ser um convite para ajustar a rota, talvez até diminuir o ritmo. Muito em breve, ela será Eremita.

Em geral a Justiça chega à nossa vida num momento cheio de consequências e também de novas escolhas. Olha pra gente ao mesmo tempo fria e acolhedora. Fria, porque é racional. Acolhedora, porque mostra, ou pelo menos nos lembra que são só escolha, caminhos e consequências.

E que tudo na vida se ajusta, ou pelo menos boa parte das coisas podem ser mudadas e reformuladas.

O que temos que pensar ao olhar a Justiça é “fico agora com o que é meu e deixo com cada o que é de cada um”. Cada um fica com o que te pertence. Esse é sem dúvida um dos desafios de um momento-justiça.

Outro objetivo do momento-Justiça é observar e assimilar sem pressa as consequencias das causas anteriores. Pensar em como seria pesar o outro lado da balança. Mas sem julgar, sem pesar demais pro lado de cá.

Sobre as novas escolhas, estão sempre aí, presentes, possíveis, agora, ontem, hoje, amanhã. Sempre serão causas e sempre terão consequências. Mas a vida, assim como o carro, nunca pode parar.